terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Doação de cópia do Inventário do Patrimônio Cultural Arquitetônico e Paisagístico de Campo Bom para o Museu Histórico Visconde de São Leopoldo


Nesta segunda-feira (15/01) o Arq. Jorge Luís Stocker Jr. realizou a doação de uma cópia digital em DVD do “Inventário do Patrimônio Cultural Arquitetônico e Paisagístico de Campo Bom (RS)” para a Presidente do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, Ingrid Marxen. O material ficará disponível para pesquisadores no acervo da instituição.
O inventário é composto de:
# Caderno técnico – Apresentando a metodologia, o estudo de ocupação territorial e evolução urbana, estudo das tipologias arquitetônicas de cada período, participação da comunidade, instrumentos de gestão propostos e indicações de complementação;
# Fichas individuais – 92 Fichas de bens arquitetônicos, 3 fichas de bens naturais, 8 fichas de espaços urbanos, com contextualização histórica, fotografias antigas e atuais, descrição arquitetônica e localização. Formato: PDF.
# Fichas de Áreas de Interesse Cultural – 03 fichas – com mapas antigos, contextualização histórica, fotografias antigas e atuais, descrição arquitetônica e localização. Formato: PDF.
# Listagem classificada, sintetizando as informações. Formato: PDF.
# Mapa das Áreas de Interesse Cultural – Formato: PDF. e em formato .KMZ, navegável no software gratuito Google Earth.
Saiba Mais
O Inventário do Patrimônio Cultural Arquitetônico e Paisagístico de Campo Bom foi desenvolvido em 2016, tendo como responsável técnico o Arq. Jorge Luís Stocker Jr., com consultoria do doutorando em história Cristiano de Brum e assessoria técnica do IPHAE/RS.
O Inventário é um instrumento de identificação do patrimônio cultural, podendo ser considerado como um ponto de partida para a construção de qualquer política de preservação. Não trata-se apenas de um conjunto de fichas descritivas, mas de um profundo estudo do processo de ocupação do território, sua evolução urbana, o conhecimento das diferentes tipologias arquitetônicas existentes e seus significados culturais, sociais e paisagísticos.
O trabalho sistematiza informações a respeito dos bens culturais, obtidas através de pesquisas em fontes orais e documentais, muitas delas até então inéditas.